O que é o CUBO BRANCO?

O CUBO BRANCO nasceu em 1996, um tempo em que sites de arte no Brasil eram praticamente inexistentes, com o objetivo de divulgar o trabalho de novos artistas contemporâneos brasileiros, tanto na rede, quanto fora dela. Até 1998, abrigou projetos de arte exclusivos para a internet, e ajudou a criar sites de artistas e grupos de artistas.

em 1998, com a disseminação da internet no Brasil, quando então já havia surgido diversos sites brasileiros de arte, e necessitando dedicar mais tempo à minha própria produção artística, decidi encerrar as atividades do CUBO BRANCO, acreditando que grande parte de sua missão inicial estava cumprida.

Entretanto, 4 anos passados, percebo que apesar de várias boas iniciativas de arte na internet brasileira, ainda há lacunas. Muito do que poderia e deveria estar sendo divulgado ao público internauta de artes está sendo omitido. E por esta razão, o CUBO BRANCO está de volta.

Diferente de quando foi criado, o CUBO BRANCO agora não pretende ser imparcial — muito pelo contrário! Acredito que é fundamental assumir e defender um ponto de vista, privilegiando aquilo que acredito e valorizo. Qualquer projeto similar, por mais que se declare abrangente e imparcial na seleção dos assuntos / artistas apresentados, acaba sendo sempre apenas uma amostragem parcial (e muitas vezes tendenciosa) de um universo enorme de possibilidades. Deixo claro que o que vocês verão aqui será desde o início assumidamente parcial, sendo esta seleção guiada exclusivamente pela minha opinião pessoal.

No CUBO BRANCO serão divulgados prioritariamente:

>> projetos, eventos e exposições organizadas por grupos de artistas;

>> projetos, eventos e exposições em espaços alternativos ao circuito oficial e/ou comercial;

>> cursos , debates, workshops e palestras, de interesse para a formação de artistas jovens ou para o aprimoramento e discussão da arte contemporânea brasileira e seu circuito de ação, independente do local onde serão realizados estes eventos e

>> projetos, eventos e exposições em espaços institucionais sem fins comerciais.

Com raras excessões, o CUBO BRANCO não divulgará exposições em galerias comerciais, uma vez que estas já contam com todo um sistema próprio estabelecido, podendo pagar caros divulgadores para realizar este trabalho, tendo facilidade de acesso às mídias tradicionais.

Não pretendo apresentar aqui uma "verdade absoluta", mas a minha opinião. Este é um projeto/site de cunho pessoal. Aproveito para sugerir que todos procurem declarar e defender de forma mais objetiva e explícita seus pontos de vista sobre arte contemporânea brasileira, uma vez que o que se percebe em nosso circuito é uma grande permissividade generalizada, onde o que se houve mais freqüentemente nos vernissages e debates é um certo artista é "legal", que uma dada obra é "muito interessante"; onde a discussão da qualidade, e acima de tudo, da pertinência das obras apresentadas nas exposições nunca acontece.

CUBO BRANCO ação em arte
desde 1996 divulgando e promovendo a Arte Contemporânea Brasileira de qualidade!
Rio de Janeiro - Brasil
http://cubobranco-br.blogspot.com/
cubo_branco@yahoo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário